Evento em SP reúne especialistas para discutir eletrificação dos transportes públicos

A Plataforma Nacional de Mobilidade Elétrica (PNME) e TUMI E-Bus Mission realizam, nos próximos dias 23 e 24 de junho, em São Paulo, o evento “Eletrificação do transporte público no Brasil” a fim de destacar a relevância de incluir efetivamente o tema da eletrificação dos transportes públicos no contexto das atuais discussões climáticas e econômicas. Durante os dois dias de programação, diversos especialistas irão discutir os caminhos para viabilizar a mobilidade urbana sustentável, especialmente nos grandes centros, compreendendo que este é um debate que vai além da preocupação com a eficiência do transporte e dos deslocamentos pois abarca aspectos como qualidade de vida e bem-estar urbano, assim como influencia no desenvolvimento econômico do país.

O evento será realizado no contexto do Parque da Mobilidade Urbana (PMU) e é aberto a participantes de diferentes setores que estejam interessados na discussão do tema da mobilidade elétrica. Os painéis, que acontecem no Palco 5 – Parque da Independência, tratarão especificamente de transportes públicos e visam agregar conhecimento técnico para reiterar a relevância da eletrificação como uma ferramenta no processo necessário e urgente de repensar a mobilidade urbana como um vetor de combate às mudanças climáticas e de incentivo à uma economia mais verde e sustentável.

Urgência climática e socioeconômica
A necessidade de discussão da mobilidade não é nova, a mobilidade sustentável tem se consolidado cada vez mais como um dos caminhos para fortalecer a retomada de uma economia mais justa e sustentável.

O setor de transporte é um dos maiores consumidores de energia e o maior responsável pelas emissões de gases de efeito estufa nas cidades, contribuindo também em grande parte para os problemas de poluição, que são especialmente críticos nos grandes centros urbanos. A perda de tempo nos deslocamentos é também um problema cada vez mais comum que contribui para a redução de produtividade e de oportunidades para grande parte da sociedade.

Considerando os diferentes impactos negativos que podem ser mitigados a partir de uma política pública consistente de mobilidade, é cada vez mais indiscutível que os projetos de mobilidade urbana devem ser entendidos como parte de um ecossistema maior, no qual estão também incluídas questões relacionadas à infraestrutura, saúde, verde e meio ambiente, cidadania, redução de desigualdades, além é claro, de transportes.

Neste contexto, para que sejam implementadas políticas públicas que acelerem a mobilidade elétrica e que fomentem sua articulação com outros setores, entre eles transportes, energia e indústria, é essencial a existência de políticas coordenadas a nível federal. Apenas com uma diretriz nacional clara e objetiva é que a mobilidade urbana poderá atuar verdadeiramente como uma ferramenta relevante no enfrentamento da crise climática e econômica, proporcionando um ambiente mais justo e sustentável para todos.

Entre os principais objetivos do evento, estão:

– Discutir os instrumentos de gestão do transporte coletivo nas cidades e as interfaces entre as diferentes esferas de poder público para alcançar uma gestão eficiente desse serviço;
– Discutir formas de financiamento possíveis para que a transição tecnológica se dê sem onerar os usuários do sistema de transporte coletivo;
– Discutir o papel da indústria e do mercado no ecossistema para acelerar a transição tecnológica dos veículos;
– Apresentar dados atuais da mobilidade elétrica que subsidiem de forma consistente a proposição de políticas públicas para o setor;
– Discutir quais as ferramentas existentes e necessárias para que os municípios consigam promover e sustentar o processo de eletrificação de suas frotas;
– Reforçar a importância da mobilidade elétrica na promoção global da economia verde e da justiça climática e o protagonismo do poder público federal nessa discussão.

Programação

23 de junho (quinta-feira)

14:00 – 15:30
Quais são as mudanças previstas na revisão do Marco Legal do Transporte Público Coletivo?

O que queremos abordar neste painel: Quais são os instrumentos de gestão do transporte coletivo nas cidades? Quais são as mudanças necessárias no modelo de contratação? Qual é o papel e a responsabilidade dos governos no âmbito estadual e federal? Como fazer uma gestão metropolitana eficiente?

Palestrantes: Sandra Maria Santos Holanda, Secretaria Nacional de Mobilidade e Desenvolvimento Regional e Urbano – MDR – Ministério do Desenvolvimento Regional / Conrado Grava de Souza, ANPTrilhos – Associação Nacional dos Transportadores de Passageiros sobre Trilhos / Rafael Calabria, Coordenador do Programa de Mobilidade Urbana – IDEC – Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor /Francisco Christovam, Presidente e Vice-presidente Urbano – NTU – Associação Nacional das Empresas de Transportes Urbanos e FETPESP – Federação das Empresas de Transportes de Passageiros do Estado de São Paulo / Moderação: Marcus Regis, Coordenador – PNME – Plataforma Nacional de Mobilidade Elétrica

16:00 – 17:30
Como viabilizar a eletromobilidade do transporte coletivo no Brasil?

O que queremos abordar neste painel: Como será o financiamento e quais são as mudanças regulatórias e contratuais necessárias? Qual será o papel dos estados e municípios para eletrificação do transporte no Brasil? Qual será o modelo tarifário adotado e as garantias para o modelo de negócio? Teremos mão de obra e insumos necessários no Brasil para essa mudança?

Palestrantes: Carlos Eduardo Souza, Responsável e-city – Enel X / Marcel Martin, Coordenador do Portfólio de Transporte – iCS – Instituto Clima e Sociedade / Camilo Adas, Presidente – SAE / Moderação: Marcus Regis, Coordenador – PNME – Plataforma Nacional de Mobilidade Elétrica

24 de junho (sexta-feira)

10:00 – 11:00
Qual o papel das empresas para a transição da mobilidade sustentável? Qual o cenário para eletrificação do transporte público no Brasil?

O que queremos abordar neste painel: Qual é a perspectiva para eletrificação do mercado de transporte de carga e passageiros no Brasil? Quais são as oportunidades e desafios para a eletrificação desse mercado? Qual é o papel das empresas desse ecossistema para acelerar essa transição?

Palestrantes: Sérgio Avelleda, Consultor Sênior de Mobilidade – BYD do Brasil / Iêda Oliveira, Diretoria Comercial – Eletra / Moderação: Rodrigo Tortoriello, Sócio-Fundador – RT2 Consultoria

11:00 – 12:00
Lançamento do Tomo 1 do 2º Anuário da Mobilidade Elétrica

Palestrantes: Robson Cruz, Diretor da Barrasa & Cruz Consulting / Carmen Araújo, Brazil Managing Director ICCT / David Tsai, Instituto Energia e Meio Ambiente – IEMA / Ana Jayme, Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (IPPUC)

14:00 – 15:00
Quais os desafios e oportunidades para o financiamento de projetos de ônibus elétricos no Brasil?

O que queremos abordar neste painel: Quais são aspectos da concepção de projetos de ônibus elétricos no Brasil que impactam na modelagem financeira e no acesso a financiamento? Como os municípios vem encarando esses desafios? Como esses aspectos devem ser encarados pelos potenciais investidores no setor?

Palestrantes: Rodrigo Bruno, Consultor – Euromonitor International George Gidali, Diretor de Gestão de Receita e Remuneração da SPTrans / Leticia Diniz Dominguez Lima, Diretora de Gestão de Projetos Especiais de São José dos Campos / Daiane Masson, Diretora técnica – SUDERF – Superintendência de Desenvolvimento da Região Metropolitana de Florianópolis / Filipe Souza, Urban Mobility / Coordinator – BNDES Moderação: Cristina Albuquerque, Gerente de Mobilidade Urbana – WRI

15:00 – 16:00
A Transformative Urban Mobility Initiative (TUMI) e a ‘just transition’ no Brasil

O que queremos abordar neste painel: Qual o papel da mobilidade elétrica na ‘just transition’? Como o Brasil se coloca na promoção dessa transição global? As metas dos municípios refletem o processo de transição global? Como a TUMI E-Bus Mission está apoiando os municípios a avançarem na transição de frota?

Palestrantes: Cristina Albuquerque, Gerente de Mobilidade Urbana – WRI / Ana Terra, Mission Manager – C40 / Clarisse Cunha Linke, Diretora Executiva – ITDP – Instituto de Políticas de Transporte e Desenvolvimento / Eleonora Pazos, Head of Latin America Office – UITP – União Internacional de Transporte Público / Rodrigo Corradi, Secretário Executivo Adjunto do ICLEI América do Sul / Moderação: Jens Giersdorf, Management Head – TUMI, GIZ

16:00 – 17:30
Mobilidade Elétrica, Clima, Energia e Economia: oportunidades para o Brasil e como aproveitá-las

O que queremos abordar neste painel: Recentemente a revista The Guardian publicou uma matéria investigativa especial sobre como as grandes empresas de petróleo e gás planejam investir em dezenas de grandes projetos que ameaçam quebrar a meta climática de 1,5°C, o que demanda uma ação imediata por parte dos governos. Qual é a importância desse tema no Brasil? Qual é o papel dos atores para acelerar a transição da matriz energética do transporte coletivo? Quais são os desafios a serem enfrentados?

Palestrantes: Camila Gramkow, Oficial de Assuntos Econômicos na CEPAL Brasil / Walter de Simone, Diretor Instituto Talanoa / Milton Leite, Vereador na Câmara Municipal de São Paulo / Carlos Eduardo Souza, Responsável e-city Enel X

Foto: deposiphotos